Previsão do tempo

Mostly cloudy

30°C

Baia da Traicao

Mostly cloudy
umidade: 58%
Vento: E em 19.31 km/h
Domingo
AM Thunderstorms
23°C / 29°C
Segunda
AM Thunderstorms
23°C / 29°C
Tera
Muir ensolarado
23°C / 30°C

As Aldêias

No município de Baia da Traição está localizada a maioria das aldeias indígenas, que integram a Terra Indígena Potiguara. Estas aldeias estão sob a jurisdição da Fundação Nacional do Índio ? FUNAI ? órgãos federal, criado pela lei nº 5.371 de 5 de dezembro 1967, em substituição ao antigo Serviço de Proteção ao Índio ? S.P.I.

Na povoação Forte, onde há séculos existiu uma das mais antigas fortificações da Paraíba, está instalado o Posto Indígena Potiguara, diretamente subordinado à III Delegacia Regional da FUNAI, com sede no Recife. O referido posto é responsável pela administração geral da área pertencente à Terras Indígenas Potiguara, Jacaré de São Domingos e Potiguara de Monte-Mór.

A Terra Indígena Potiguara é constituída de 5.072 habitantes, dos quais 3.093 residem no município de Baia da Traição, distribuídas pelas povoações, Acajutibiró, Cumaru, Forte, Galego, Santa Rita, Laranjeiras, Silva, Bento, Tracoeira, Vila São Francisco, Lagoa do Mato, Camurupim, Vila São Miguel e na cidade da Baia da Traição. Os municípios de Marcação e Rio Tinto perfazem as demais povoações como Caieira, Lagoa Grande, Camurupim, Tramataia, Estiva Velha, Aldeia Monte-Mor e Jacaré de São Domingos, onde habitam 1.979 índios.

A área pertencente à sesmaria de São Miguel abranja aproximadamente 57.000 Ha, com um perímetro de 89,5 km. Posteriormente, foi elaborado um mapa que corresponde aos trabalhos de delimitação realizados pelo Serviço de Proteção ao Índio, e aos posteriores memoriais da FUNAI, que declara a referida área com 34.320 Ha e um perímetro de 74 km. Em conseqüência do Decreto nº 89.256 de 28 de dezembro de 1983, do Presidente João Batista Figueiredo, a área indígena está reduzida a 20.820 Ha, prejudicando a comunidade Potiguara, que perdeu grande parte de suas terras.

Para a sua sobrevivência, os potiguaras se dedicam às atividades agrícolas, principalmente do milho, feijão, mandioca, inhame e coco. Há um número reduzido de pescadores, que residem no município, ou na sua periferia.

 

Indios Reunidos

top